Não dar satisfações, ter controle dos seus horários, se envolver pra lá e pra cá por uma noite sem se preocupar com o dia seguinte.

A vida a sós é leve.

Quem nunca perdeu a esperança nos romances e decidiu viver assim, nem que fosse por um tempo? Nos fechamos para remendar as feridas e escolhemos o caminho mais fácil.

Mas o mundo gira.

Sorrateiramente, um mesmo rosto vem à mente antes de dormir e depois de acordar. O mesmo vento que um dia empurrou para trás, sopra em direção a um novo destino.

E como é bom se acostumar a não ter mais cama, nem coração vazios.

Contar um segredo bobo na intimidade, abraçar alguém a noite além do travesseiro e conhecer cada centímetro do corpo e da história daquela pessoa. Não existe nada como dividir cada momento com a sua outra metade.

A vida é curta demais pra ser feliz sozinho.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)