Às vezes, é notável o desespero de muitas pessoas.

São milhares delas procurando por algo intangível, incolor e inodoro. Sonhando em ser o personagem principal no final – sempre – feliz de uma novela. São seres, na maioria infeliz, desejando encontrar um amor.

Às vezes, é compreensível o desespero dessas pessoas.

Esse pega-pega parece não ter fim. É uma perseguição igual Tom e Jerry ou Coiote e Papa-Léguas e, enquanto houver essa caça vasca, haverá insucesso. Nós, definitivamente, somos incapazes de controlar o tempo, o destino e outras pessoas.

A vida possui um curso e precisamos segui-lo numa espécie de fluxo natural. De nada adianta remar contra. Apenas siga e, o mais importante, aproveite durante o aprendizado.

Torne-se interessante, seja o seu melhor, e se nada der certo por ora, deixe pra lá, deixe o mundo o girar. Sem pressa. Felicidade é um estado de perfeita satisfação íntima. Seja feliz por dentro, por fora.

Seja feliz sozinha. Depois compartilhe.

Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu. A gente quer ter voz ativa e no nosso destino mandar, mas eis que chega a roda-viva e carrega o destino pra lá” – Chico Buarque.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)