Sabe, às vezes, eu queria ser o clima. Assim, poderia habitar seus lábios quando lhe faltasse assunto naquelas conversas estranhas no almoço do trabalho. Os silêncios intermináveis seriam trocados por suas previsões sobre mim e, nos dias chuvosos, eu seria seu tema preferido.

Ou então, se eu fosse uma cerveja gelada? Eu descansaria sabendo que você sempre me desejaria por perto. Quando estivesse cansada, estressada ou simplesmente querendo celebrar, é a mim que você procuraria. Entre copos e mais copos, eu seria exatamente o que você precisa.

Posso ser também aquele seu cigarro de fim de tarde. Você me deixaria entrar e amaria cada segundo da nossa intimidade, enquanto o fogo durar. Depois, contaria para todas suas amigas como é bom me ter dentro de você, assim, sem compromisso, sem vício, apenas de vez em quando.

Sabe de uma coisa? Eu aceito ser até aquele amontoado de travesseiros da sua cama. Quando você precisar chorar, eu aceito que você me encha de lágrimas solitárias no seu quarto. Eu estaria presente nas suas brincadeiras e confissões com suas amigas mais próximas. Nem ligaria de que outras pessoas também se deitassem por lá, sabe? Contando que na sua maior intimidade, quando quisesse ter seu sono mais profundo, fosse a mim que você abraçasse e deixasse aquele cheirinho de boa noite.

Eu aceitaria ser qualquer coisa para fazer parte da sua vida.

Sabe, eu sou louco por você.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)