Para todos os ótimos reencontros que a vida nos proporciona.

Eu estava andando pela cidade, admirando e ouvindo atentamente cada ponto da história daquela lugar. Atravessei a rua e do nada, saindo do metrô, você aparece.

Faziam mais de 10 anos.

Lembra quando a gente saia no mesmo grupo de amigos, ainda na época da escola? Cabelos estranhos, andar desengonçado e aparelhos nos dentes. Meu deus, como a gente era esquisito. Ainda bem que o tempo passa e geralmente a coisa melhora para todos.

Lembrando do passado, penso com nostalgia naqueles momentos.

Foi dessa forma que começamos a conversar. Muitas lembranças e boas risadas pelas bizarrices que a gente fazia. O papo foi rendendo e aquela tarde passou extremamente rápido depois que te encontrei. Foi assim por dois dias. Passeios, besteiras, informações erradas, caminhos desnecessários gigantescos, tombos, uma bela dose de álcool e muitas gargalhadas. Bom, pelo menos isso nos rendeu ótimas histórias e chegamos em todos os lugares que queríamos. Depois, tive que ir embora, mas continuamos mantendo contato e é assim até hoje.

Construímos algo.

Só queria te dizer que fiquei feliz em te rever. Que gosto de ouvir sobre seus sonhos, suas inseguranças, suas mensagens quando você está bêbada e principalmente, que dou muita risada com cada mudança de planos que você faz a cada dia, pois eu sempre te apoio.

Quero te dizer que estou aqui para o que você precisar. Sou seu ombro, seu pilar, seu amante e principalmente, seu amigo.

Acredito muito que não é por acaso que as pessoas aparecem em nossas vidas. Tudo ao seu tempo, pois o caminho é desenhado certo, com linhas tortas. Às vezes a gente não entende porque as coisas acontecem de determinada maneira, mas depois de um período, tudo acaba fazendo sentido.

Para esse nosso reencontro, eu não tenho uma explicação, mas o que senti se resume em uma frase:

Ainda bem que você apareceu.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)