Seja com uma simples mensagem de texto. Um “bom dia” embriagada de sono, entorpecida por cafeína. Daquelas capazes de colorir um céu nublado ou, então, com um sorriso verdadeiro que vem de dentro do peito. Da alma. Transborda boa energia e contagia.

Gosto de gente que sorri.

Com os olhos. Com paixão. Feito uma menina que enxerga o mundo como se fosse a primeira vez. Interessada e interessante, quer conversar sempre. Responde na hora, sem joguinhos sentimentais. Carrega nos lábios uma conversa tão gostosa que é gostoso ficar perto. Até mesmo em silêncio.

Gosto de gente que abraça.

Forte. Cheio de intensidade. Tão cheio que desborda. Faz chover. Quase me afoga por entre seus braços. Completa. Me completa. É única, inteira. Não respeita padrão, desdenha das regras, ignora medidas.

Gosto de gente enlouquece.

E grita. Feliz ou enfurecida. Reclama, declama, ama. É forte quando fere sua pele, chora quando atinge o coração. Tira o sol pra dançar. Dança descalça. De salto. Dança até doer o pé. Que perca o juízo, extravase amor, conheça minha insanidade.

E decida ficar.

“Não vejo a hora de te reencontrar
continuar aquela conversa,
que não terminamos ontem,
ficou pra hoje.”

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)