Posso te contar um segredo?

Neste exato momento alguém está pensando em você. Talvez você não saiba ou, então, não tenha percebido, mas existem muitos homens atrás de você. Alguns cativados pela energia que o seu sorriso transmite, outros seduzidos pela sua insanidade e, claro, também tem aqueles que só querem te comer.

É vivendo – e, às vezes, se fodendo – que você aprende a selecionar melhor com quem se relacionar. Com o tempo você aprende a filtrar e separar quem vale a pena ou não. Aos poucos e sem perceber você vai amadurecendo emocionalmente, mas toma cuidado, tá?

Não deixe seus sentimentos enrijecerem.

Acrescente fé ao café da manhã, regue sua alma com esperança. Não, eu não quero que você crie expectativas desconexas, tampouco acredite que um príncipe encantado surgirá na porta da sua casa num nobre alazão branco. Apenas que construa pontes, ao invés de muros invisíveis.

O amor, por vezes, é cruel.

Antes de dar certo, vai dar errado algumas (ou muitas) vezes, mas um dia vai dar certo. Esteja preparada e saiba reconhecer o amor nas estrelinhas de uma conversa, nas pequenas gentilezas do cotidiano, no olhar acanhado que encobre um sentimento apaixonado.

Se você quiser um romance com doses de loucura, gargalhadas descontroladas, dividir o pote de pipoca amanteigada, goles de cerveja, jantares românticos ou um sofá com várias gordices, acordar os vizinhos com gemidos e dormir colada em outra pessoa apaixonada, siga esse conselho.

Não tenha medo de sentir.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)