É, todo mundo já teve alguma fase na vida (ou várias) que houve uma pausa para a famosa reflexão: “que porra eu estou fazendo da minha vida?”. Foi naquele momento no banho, esperando o elevador, na aula chata e principalmente, antes de dormir.

Você entra no Facebook e olha para os seus amigos mais antigos e que agora estão um pouco distantes. Um virou gerente, a outra foi passar a lua de mel em Veneza e a outra acabou de abrir a sua empresa. Depois da análise minuciosa (mais conhecida como “stalkeada”), você se pergunta:

– “Por que ainda não viajei para os lugares que eu queria?”.
– “Por que estou no mesmo cargo a tanto tempo?”.
– “Morando com os meus pais ainda?”
– “Onde eu vou estar daqui a alguns anos?”

E aí eu venho te falar: relaxa! É uma merda, mas isso é normal. Ou você acha que não teve gente que também olhou para as suas fotos e teve o mesmo sentimento, só que com qualquer outras coisa que você possa ter se sobressaído?

Nós vivemos em um conto de rivalidade e ilusão que tem movido as nossas vidas e nos aprisionando em padrões cada vez mais rigorosos, apenas para nos dar uma falsa sensação de ego satisfeito. Nos obrigamos a não necessariamente ser melhores que os outros, mas parecer melhores que os outros.

Esse cenário é horripilante. Nos faz prestar atenção em peculiaridades desnecessárias que futuramente vão fazer mal para toda a nossa sociedade e nos esquecer de questões que realmente importam: ter mais empatia pelo próximo e viver plenamente o presente.

Dane-se se a fulano está em Nova Iorque ou se fulana virou diretora da multinacional X. Se você queria o mesmo, aprenda com os acertos da pessoa. Não perca tempo com recalque, sério. Não tente parecer para as pessoas que você é melhor. Se esforce realmente para ser melhor, sem precisar passar por cima de ninguém! Viva o seu momento, planeje e tenha paciência.

Eleve o pensamento, acredite no amor. Viva o agora, ame agora, perdoe agora, reze agora e respira. Pois dentro de ti há uma voz que lhe fala: segue em frente.

Último parágrafo e o título teve inspiração na música “Segue em Frente”, do Planta & Raíz.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)