Aquela tentativa de conselho que vem do fundo do coração.

Eu sei que é difícil em certas situações. Você está ali, seguindo a sua vida normalmente e de repente, conhece aquela pessoa que te encanta e chega para mudar tudo que estava previsto anteriormente.

As coisas vão se intensificando e você se vê possivelmente em um relacionamento. A pessoa, de uma forma natural, pede para que você pare de falar com certas pessoas que ela tem ciúmes, que pare de sair com seus amigos e amigas como fazia antes e exige a sua companhia em mais momentos. Isso acontece automaticamente para ela, mas infelizmente para você não é assim. O que não quer dizer que você goste menos dela. Simplesmente, você é diferente.

É ruim viver de acordo com as expectativas dos outros. A pessoa se frusta e você acaba sentindo a culpa. A famosa síndrome do “lobo mal da relação”. Você se sente um lixo por magoar a pessoa e sempre ser o “motivo” do início da discussão. Claro, geralmente por ciúmes. Foi aquela foto que comentaram e ela não gostou, amizades do sexo oposto que ela não acredita que sejam simplesmente amizades e até o jeito que você trata as outras pessoas. A sua simpatia vira uma arma contra você.

Depois de um tempo, você percebe que realmente não está naquele momento de ter aquele tipo de relacionamento. Aquelas atitudes não são naturais para você, como são para a pessoa. Decisão horrível de querer conversar a respeito, porque você sabe que tudo vai acabar se você falar algo, e ao mesmo tempo, você não quer deixá-la.

Mas quer saber, moça? A vida é f*da e se fosse fácil, não se chamava “vida”. Faça o que você tinha em mente e, se a mudança te incomoda, não a faça somente para agradar o outro. Às vezes precisamos ser egoístas em prol da nossa felicidade. Converse e seja sincera. Se a pessoa não entender, sim, será triste. Mas é algo que ambos precisarão passar, pois quanto mais se posterga, pior é por conta do envolvimento.

É importante ter respeito pelo outro e mais importante ainda, ter respeito por você. Viva o seu sonho, e somente o seu.

Vamos fazer um acordo então? Me promete uma coisa, por favor: persiga sua felicidade, e respeite o seu momento.

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)