Sexo não é só meter.

É apreciar detalhes com meticulosidade. Observar os pelos arrepiando por todo teu corpo, saborear o gosto, mordiscando tua orelha, chupando teu pescoço, beijando teus peitos e descendo. Pela barriga até a virilha. Abrindo tuas pernas mais um pouco – excedendo química, desafiando a metafísica – dando um jeito de caber um no outro.

Sexo não é só enfiar.

É devorar o corpo e, dele, fazer morada. Sincronizando movimentos, sintonizando a alma. É respirar fundo, sentir um desejo incontrolável e se entregar sem medo. Intenso. Seu corpo excitado, lábios encharcados, você sussurra “vai”, geme alto, gostoso, pernas trêmulas, perde o fôlego e, o corpo, envolto de orgasmo.

Sexo não é só foder.

É desbordar suor, transbordar prazer.

Photo by Marvin Meyer on Unsplash

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)