Vão encher a boca para regurgitar pensamentos tão rudimentares quanto um mamute-lanoso.

Vão tentar censurar teu sorriso, pois tua felicidade incomoda.

Vão querer fiscalizar teu corpo, pois tua liberdade assusta.

Vão te julgar – simplesmente – por você ser mulher.

Dirão que é conservadorismo ou, então, tradicional. Mas é apenas um nome legal para justificar a imbecilidade e os preconceitos.

Deixa pra lá. Deixa falá. Pobres coitados.

Os fizeram acreditar que são príncipes e que precisam de uma princesa para cuidar do teu castelo imaginário.

Mas eles são sapos. Pobres coitados!

Você, sim, é uma princesa – sem coroa.

É que nem toda princesa carrega uma coroa, algumas carregam cerveja, vinho ou, então, champagne.

Escrito por Felipe Taffarel
Na foto? A Patrícia Fontes

Gostou? Então compartilhe esse texto com seus amigos do Facebook clicando aqui :)